alert-erroralert-infoalert-successalert-warningbroken-imagecheckmarkcontact-emailcontact-phonecustomizationforbiddenlockedpersonalisation-flagpersonalizationrating-activerating-inactivesize-guidetooltipusp-checkmarkIcons/Communication/USP/Cash-deliveryIcons/Communication/USP/Delivery-eveningIcons/Communication/USP/Delivery-same-dayIcons/Communication/USP/Delivery-storeusp-deliveryIcons/Communication/USP/Exchangeusp-free-returnsIcons/Communication/USP/Gift-cardIcons/Communication/USP/KlarnaIcons/Communication/USP/Salearrow-backarrow-downarrow-left-longarrow-leftarrow-right-longarrow-rightarrow-upbag-activebag-inactivecalendar-activecalendar-inactivechatcheckbox-checkmarkcheckmark-fullclipboardclosecross-smalldownloaddropdowneditexpandhamburgerhide-activehide-inactivelocate-targetlockminusnotification-activenotification-inactivepause-shadowpausepin-smallpinplay-shadowplayplusprofilereloadsearchsharewishlist-activewishlist-inactivezoom-outzoomfacebookgoogleinstagram-filledinstagrammessenger-blackmessenger-colorpinterestruntastictiktok-defaulttiktoktwittervkwhatsappyahooyoutube
adidas
Training / setembro 2019

NING ZETAO: CORAGEM É ACREDITAR

Quem ganha? Só os audazes, diz o nadador olímpico, Ning Zetao.

Um dos seis criadores da campanha VRCT, Ning escolheu defender a palavra BRAVE (audaz). Para saber mais, reunimos com ele numa piscina comunitária em Xangai, não muito diferente daquela onde começou a sua carreira profissional.

Reza a história que, em criança, Ning tinha tanto medo de água que não gostava de lavar o cabelo durante o banho. Os seus pais levaram-no à piscina para o ajudar a superar o medo e um treinador local apercebeu-se do seu talento latente. Aos 14 anos, entrou para a equipa de natação da Marinha Chinesa. Aos 22, era uma estrela de 1,90 m adorada nas redes sociais chinesas depois da sua impressionante vitória na final dos 100 m livres nos Campeonatos do mundo de 2015.

VRCT-SP_NING-02-IMG-O

A história do menino com medo da água parece um mito, e talvez até seja, mas adoramos lendas sobre lendas. E ilustra na perfeição o que Ning escolheu defender. Audácia: podes ter medo, mas saltas na mesma. Ning diz: "A palavra que escolhi foi BRAVE (audaz). Para mim, audaz significa ser verdadeiro comigo mesmo. Sermos audazes, fortalece a nossa vontade.

VRCT-SP_NING-03-IMG-O

Traz a felicidade e uma abordagem positiva à vida. Faz-te mais forte e mais persistente".

Os atletas têm de ser audazes. Quanto melhor ficas, maior a pressão para manteres o prometido. Todos os olhos estão postos em ti e não há nenhum treinador que seja tão duro como o que está na tua cabeça. Ning diz que isso não é tudo, também há o medo das lesões: "Um atleta tem de se forçar e desafiar os limites e, além disso, enfrentar corajosamente as lesões complicadas e a pressão externa".

A coragem compensa, contudo, e dá-nos um exemplo: "Durante os Jogos Nacionais de 2017, estava com febre mesmo antes da final dos 50 m livres. Em vez de optar por desistir, avancei audazmente e acabei por ganhar".

Sermos audazes, fortalece a nossa vontade. Traz a felicidade e uma abordagem positiva à vida. Faz-te mais forte e mais persistente.

Ning diz: "A palavra que escolhi foi BRAVE (audaz). Para mim, audaz significa ser verdadeiro comigo mesmo. Sermos audazes, fortalece a nossa vontade. Traz a felicidade e uma abordagem positiva à vida. Faz-te mais forte e mais persistente".

Os atletas têm de ser audazes. Quanto melhor ficas, maior a pressão para manteres o prometido. Todos os olhos estão postos em ti e não há nenhum treinador que seja tão duro como o que está na tua cabeça. Ning diz que isso não é tudo, também há o medo das lesões: "Um atleta tem de se forçar e desafiar os limites e, além disso, enfrentar corajosamente as lesões complicadas e a pressão externa".

VRCT-SP_NING-04-IMG-O

A coragem compensa, contudo, e dá-nos um exemplo: "Durante os Jogos Nacionais de 2017, estava com febre mesmo antes da final dos 50 m livres. Em vez de optar por desistir, avancei audazmente e acabei por ganhar".

VRCT-SP_NING-05-IMG-O

O mais difícil em ser audaz é, talvez, não haver qualquer compensação até teres superado o desafio a que te propuseste. Mas, quando ganhas, segundo Ning, é um sentimento indescritível. Acrescenta: "Quando bato os meus recordes depois de muita persistência nos treinos, compreendo a importância de ser audaz e de ser verdadeiro comigo próprio. É difícil descrever um momento desses. Mas tem-se uma perspetiva completamente diferente do mundo".

VRCT-SP_NING-06-IMG-O

Mas não podemos esquecer o outro lado. Fracasso. Sejamos realistas, é mais comum do que o sucesso. E, num mundo em que tudo é partilhado e exposto, preocupas-te com o que as outras pessoas vão pensar da tua fraca pontuação. Ning diz que a coragem anda de mão dada com o compromisso e que dá muito mais do que a sensação efémera da vitória: "Às vezes, as pessoas não vêm as árvores no bosque e não conseguem reconhecer a tua perseverança. Mas tenho orgulho na palavra que defendo porque me ajuda a ver a essência das coisas e a compreender-me melhor. Compreende-te e respeita as verdades".

Ning diz que escolheu defender a audácia porque lhe deu muito mais do que medalhas de ouro. Acrescenta: "Ser audaz permite-te sair da tua zona de conforto, desafiar o impossível. A audácia é a minha segunda fonte de força".

Ser audaz permite-te sair da tua zona de conforto, desafiar o impossível.

VRCT-SP_NING-07-IMG-O

Concebemos o casaco VRCT como uma tela para a autoexpressão, inspirada na tradição atlética. Usa-o à tua maneira, com um emblema personalizado que mostra o que defendes. E tu, o que defendes?

Training / setembro 2019