adidas
logo

NA SENDA DO SIGNIFICADO

Com os adidas Runners
adidas runners Milano captain Paolo Bellomo leads a city run in the sinshine.

Mesmo com esta interrupção, a nossa paixão pelo running continua forte.

À medida que os confinamentos começam a ser levantados pelo mundo, três capitães adidas Runners de várias cidades do mundo partilham por que razão o running é tão importante para eles e para as suas comunidades, e o que mais almejam.

Esta paixão é forte.

A razão que nos leva a correr está ligada a quem somos. Do que queremos afastar-nos e do que queremos aproximar-nos. Sejam quais forem as nossas experiências ao longo dos últimos meses, muitos de nós asseguram que a nossa relação com o running ficou mais forte.

Juntos ou separados, continuamos a partilhar a estrada.

Jessie Zapo, capitã e treinadora de desempenho da equipa de Nova Iorque, diz que mantém contacto regular com a sua comunidade, mas sente falta do pico emocional de correr e atingir os objetivos em equipa. Correndo sozinha, reduziu a intensidade. "Tem sido um período para explorar e estar em sintonia com a minha mente. Em cada movimento do meu corpo, sinto o movimento nos meus pensamentos." Para a capitã de Kuala Lumpur, Nabila Sam, o running é "libertação do quotidiano". Voltar a correr ao fim de dois meses fá-la "sentir-se humana de novo", adiciona. Já para não falar das amizades que se fazem pelo caminho. O capitão de Milão, Paolo Bellomo, fala do running antes do confinamento: "Ao partilhar quilómetros, criei as mais importantes relações da minha vida. Compreendi isso de forma mais profunda neste período."

"Correr lado a lado com outras pessoas cria um sentido profundo de humanidade, comunidade e união."

Nabila Sam

Quando corremos com outras pessoas, criamos uma ligação não-falada entre as nossas "personas" mais íntimas. Nabila diz: "Temos todas aquelas pessoas a correr connosco, a partilhar aquela paixão; a partilhar problemas e simplesmente a correr ao nosso lado." Paolo adiciona: "O running é o que me torna mais forte, mas também o que me liga às pessoas." E, apesar de não podermos correr juntos, adiciona Jessie: "Tem sido realmente bom ter esta comunidade global, que me tem mantido em ligação com a forma como todos temos enfrentado esta situação no mundo."
Kuala Lumpur captain Nabila Sam smiles, holding an adidas Runner flag.

Vamos reclamar as ruas e a espera vai valer a pena.

Quando tudo isto acabar, Nabila diz que a única coisa que quer é dar um "high-five" ao grupo depois de uma corrida. "É o que realmente anseio… transmitir a positividade." Cada um de nós vai estar pronto.

Jessie Zapo leads a city run in the sun.

KIT INICIAL DE RUNNING