alert-erroralert-infoalert-successalert-warningbroken-imagecheckmarkcontact-emailcontact-phonecustomizationforbiddenlockedpersonalisation-flagpersonalizationrating-activerating-inactivesize-guidetooltipusp-checkmarkIcons/Communication/USP/Cash-deliveryIcons/Communication/USP/Delivery-eveningIcons/Communication/USP/Delivery-same-dayIcons/Communication/USP/Delivery-storeusp-deliveryIcons/Communication/USP/Exchangeusp-free-returnsIcons/Communication/USP/Gift-cardIcons/Communication/USP/KlarnaIcons/Communication/USP/Salearrow-backarrow-downarrow-left-longarrow-leftarrow-right-longarrow-rightarrow-upbag-activebag-inactivecalendar-activecalendar-inactivechatcheckbox-checkmarkcheckmark-fullclipboardclosecross-smalldownloaddropdowneditexpandhamburgerhide-activehide-inactivelocate-targetlockminusnotification-activenotification-inactivepause-shadowpausepin-smallpinplay-shadowplayplusprofilereloadsearchsharewishlist-activewishlist-inactivezoom-outzoomfacebookgoogleinstagram-filledinstagrammessenger-blackmessenger-colorpinterestruntastictiktok-defaulttiktoktwittervkwhatsappyahooyoutube
adidas
adidas / maio 2020

A importância do mindfulness para Yohan Blake

Um dos maiores velocistas do mundo conta-nos como ultrapassar os momentos mais difíceis e a atitude que o ajuda a manter-se positivo e focado.

O calendário de competições de Yohan Blake para 2020 está praticamente cancelado. Não há Jogos Olímpicos ou Diamond League para o ex-campeão mundial dos 100 metros. Não há treinos com a sua equipa e não se sabe quando a temporada de atletismo possa começar.

No entanto, o velocista jamaicano tem a atitude que o faz encontrar aspetos positivos nesta situação sem precedentes e a força mental para se concentrar na felicidade, pressionar o botão "reiniciar", adotar bons hábitos e focar-se nos seus objetivos.

Para ser sincero, esta situação afetou-me muito...

A motivação de um atleta é alimentada pela competição e pelas vitórias. E quando já não existe sequer a esperança de competir, podes mesmo questionar a tua razão de existir. Suponho que é por isso que tantos atletas competem por mais tempo do que realmente deveriam. Facilmente ficamos presos ao pensamento de que o nosso único objetivo é competir. Por isso, esta mudança repentina fez-me refletir muito sobre a minha vida, a minha atitude e o meu propósito.

No meu desporto, o aspeto mental é absolutamente essencial, agora mais do que nunca...

Sem dúvida que o lado físico também o é. E todo o atleta profissional treina para chegar a um nível incrível. Mas eu acredito que tudo começa na mente.

Eu sou o que penso. Quando a tua confiança está no topo, tornas-te literalmente imbatível. Qualquer corrida já está ganha.

Essa convicção tem até um efeito multiplicador, porque a confiança e a atitude alteram a minha abordagem em tudo - a maneira como treino, como enfrento uma corrida, como corro. E acreditem, a concorrência também vê essas mudanças!

Contudo, o oposto também é possível. Podes fazer a sessão de treino mais incrível e atingir todos os teus objetivos, mas se existe algo na tua mente que te faz duvidar, isso muda tudo. Está tudo na mente.

Os desafios ultrapassam-se, mas os teus objetivos devem permanecer...

Este não é o primeiro desafio que temos de enfrentar e não será o último. Sei que isto vai passar, continuo focado nos meus objetivos e não alterei a minha rotina. A vantagem de ser competitivo é que desenvolves a atitude para fazer o que é necessário. Sabes do que és capaz quando a mente está concentrada naquilo que tem de fazer. Digo isto a mim mesmo todos os dias.

Contudo, também tenho lido muito para me manter atualizado com o mundo. E o que definitivamente ajuda é o humor - ver uma boa comédia que me fará rir alto, ajuda-me a relaxar.

Quando te deparas com tempos difíceis, mantém-te positivo…
brand-ss20-hometeam-mindfulness-yohanblake-blog-image-portrait-1

Voltar ao nível mais elevado do teu jogo após uma lesão grave é um grande desafio. Recordo-me da dor intensa no momento em que meu tendão se soltou do osso; da ida ao médico com a cabeça cheia de dúvidas, ansiedade e medo, e de o ouvir dizer que eu ia precisar de uma cirurgia. Era como se eu estivesse debaixo de água, a afogar-me num pesadelo e não conseguia acordar. Mas, ao mesmo tempo, lembro-me da determinação, uma vontade que ainda tenho que me dizia que não era assim que minha carreira iria terminar e que ainda tinha mais a alcançar. E recordo-me da motivação que me fez ver que, por mais difícil que fosse, eu ia superar, competir e vencer novamente ao mais alto nível. E consegui.



Sempre que te depares com desafios, adversidades ou pressões, mantém-te positivo e dá pouca importância ao que está a acontecer e valoriza as coisas que te fazem realmente feliz.


Para mim, a atividade física ajuda-me a limpar a mente e a continuar. Exercício e atividade libertam endorfinas e proporcionam uma espécie de estímulo natural.

Rodeia-te das pessoas certas...
brand-ss20-hometeam-mindfulness-yohanblake-blog-image-portrait-2

Também percebi que ter as pessoas certas à tua volta e estar aberto ao seu apoio e aconselhamento é fundamental para ultrapassar os momentos difíceis. A pessoa mais importante na minha vida é Deus. Ele é, literalmente, a minha força e quem me mantém humilde. E como sou um homem que precisa e prospera em companhia, também sou muito grato por ter a minha namorada Laura, que me motiva todos os dias. Ela está sempre lá para me amar e garantir que tudo corre bem.


Usain Bolt deu-me o conselho mais valioso que já recebi. Ele disse que devo praticar atletismo para mim e não para as outras pessoas, porque no final do dia, restas sempre tu. Pode parecer egoísta, mas esse pensamento ajudou-me a estimular o meu instinto competitivo. Fez-me perceber que eu tinha de vencer e tornar-me o mais forte possível para realmente poder ajudar as pessoas com quem me preocupo.


Sem aquele conselho e atitude eu não seria capaz de comprar uma casa para a minha mãe, quem eu estimo mais do que qualquer outra pessoa no mundo, ou ajudar minha irmã a ir à escola.

E o meu conselho para ti...

O que está a acontecer agora não vai durar para sempre. Acredita em ti próprio. Não quero minimizar de forma alguma a dor, o sofrimento e a tristeza que estão a acontecer neste momento. Mas resistimos e continuamos porque assim tem de ser. E por mais difícil que seja a situação, há sempre um lado bom.

Este é um momento único para pressionarmos o botão "reiniciar" nas nossas vidas. É a altura para olharmos em volta e reavaliarmos aquilo que é realmente importante. Agora é a hora de mudar hábitos, de reparar relacionamentos e de cuidar da nossa mente.

adidas / maio 2020